25 de abril de 2009

Era bissexto?

Haviam certezas caminhos desejos
vontades carinhos instintos
beijos chamegos denguinhos
expectativa tempo dinheiro
confiança fé destempero
ansiedade sexo juventude

Havia quase tudo, até sobretudo!
Sobretudo amor havia há 365 dias.

Hoje há este monte de linhas
brancas sem palavras
este horizonte sem cores
este rádio sem antena
este toureiro sem arena
este corpo sem dono
este reino sem trono
esta poesia cretina
e nenhuma rua pra passear
nenhuma sorveteria pra me esfriar o sol da cabeça
nenhuma idéia pra que eu te convença que havia...

Ah... Via crucis amor! Cruz pesada a da dor.
A páscoa terminou cheia de percalços
Jesus renasceu, meu avô morreu.
E carrego ainda pesada cruz
Sob minhas costas cansadas
Calejadas de tanto sentimento que trouxe na bagagem
De tanto sofrimento que carrego dentro
Foi ontem tudo isso?
Não me parece.
Tá tudo vivo, tudo pulsante
e tudo isso me enlouquece...

2 comentários:

Sanches, R. disse...

Nossa! Vi seu blog no blog da elisa lucinda e vim ler.. adorei esse teu texto! Parabéns!!! =]

camila disse...

ai, quanta vida. estou te amando.