27 de novembro de 2007

Saudade...

Soneto Do Amor Total - Vinicius de Moraes


"... Amo-te afim, de um calmo amor prestante,
E te amo além, presente na saudade.
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante...."

Um comentário:

Um disse...

Por falar em saudade, como vai você, talentoso amigo? Como vai a vida por aí?E por falar em soneto, impus-me o desafio de escrever um. Ficou mais ou menos. Aí, ambicioso, aventurei-me em um alexandrino (tinha que honrar o nome). Esse eu acho que ficou legalzinho. Espero que tudo esteja indo para aonde vc quer. Se não estiver, vai para lugar melhor.